• Turi Collura Google Plus
  • Turi Collura Twitter
  • Turi Collura Facebook

Imprensa

Loja Virtual

Rítmica e Levadas Brasileiras Para o Piano

Novos conceitos para a rítmica pianística.


Visite a Loja

Agende seu Curso



Leve um curso ou uma oficina com Turi Collura até a sua cidade. Veja como é fácil.


Agendar curso

Aulas Online



Revolucione seu jeito de aprender música! Seu crescimento ao alcance de um clique!


Saiba mais

Em destaque

Fábio Torres

" Parabéns pelo seu CD "Interferências" e pelo livro de Rítmica que me deu durante o Festival de Música de Curitiba. Gostei muito!! Um abraço grande!! "

Sérgio Sciotti

" Aqui vai minha profunda admiração pelo Turi Collura, não só como músico de primeira linha, mas também como ser humano, sempre aberto ao diálogo e com idéias que vão além do simples instrumento, o piano. Seu método "rítmica e levadas..." sintetiza, com muita propriedade, os anseios de muitos pianistas que buscam um aprimoramento rítmico em seus mais diversos trabalhos. Este método é uma referência para aqueles que querem crescer musicalmente, sugerindo padrões rítmicos dos mais variados, com extremo bom gosto e qualidade. Tenho contato com muitos músicos e professores de música que sempre me perguntaram sobre métodos de levadas de mão esquerda, linha de baixo com acordes na direita, ou seja, como acompanhar um instrumento ou uma voz em duos, etc. Hoje já tenho esta resposta: TURI COLLURA. Parabéns, muito sucesso para você e obrigado por colaborar de forma grandiosa para o desenvolvimento musical em nosso país! "

Depoimentos

" Depoimentos recebidos ao longo do tempo "

Depoimentos

Por: Franco Cerri - Guitarrista italiano e Vice-Diretor da Escola de Jazz em Milão (Itália)

"Turi Collura é sem dúvida um mestre brilhante, criativo e inovador. Baseando sua prática em um conhecimento consolidado, tanto no que diz respeito aos elementos tradicionais da música, bem como do jazz e da música popular, Turi consegue trazer os assuntos para a realidade moderna, tornando-os cativantes. Parabéns !!!"




Por: Por: Valéria Forte - Diretora Executiva da Editora Som/CAEM

"Nos conhecemos num daqueles dias em que nada acontece por acaso. Mas a sensação era de já sermos amigos de longa data. Acompanhando a trajetória de sucesso na área educacional, é visível o seu crescimento, comprometimento e envolvimento com a música e com o ensino! 

P.S. seu CD Conversa na Vila é delicioso, já mandei para Nova Yorque!"




Por: Por: Sérgio Sciotti - Pianista e Professor de música - SP

"Muito sucesso para você e obrigado por colaborar de forma grandiosa para o desenvolvimento musical em nosso país!"

 



Por: Por: Phil DeGreg - Jazz pianist and Professor - EUA

"I just want you to know how much I love your book! You must be a marvelous teacher!"




Por: Por: Fábio Torres - Pianista - SP

Parabéns pelo seu CD "Interferências" e pelo livro de Rítmica que me deu durante o Festival de Música de Curitiba. Gostei muito!! Um abraço grande!!




Por: John Lester - Saxophonist

With the typical posture of the great musicians, Turi is moderate, almost humble, observant and attentive. His apparent simplicity reflects the awareness that the music - and jazz in particular - is in fact a perpetual challenge, where creativity and intelligence have little value when there is no feeling.



Exibir todos

Release

Pianista, compositor e arranjador, Turi Collura mora estavelmente no Brasil desde 2002, onde acumula extensa carreira nas qualidades de instrumentista, compositor e educador musical. 

Como educador, leciona desde 2003 na Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES), onde coordena o Departamento de Música Popular, por ele fundado. Leciona as disciplinas Harmonia, Improvisação, Piano Popular e Prática de Conjunto. Turi teve papel relevante na formação musical de muitos dos músicos que compõem a atual cena musical capixaba. 

Turi é autor do método em 2 Volumes " Improvisação: práticas criativas para a composição melódica na música popular ", publicado pela editora Irmãos Vitale, e considerado hoje entre os melhores métodos musicais do Brasil. Os livros estão sendo adotados por diversas faculdades e instituições de ensino musical brasileiras, e seu autor recebe convites para dar palestras e oficinas em vários estados do país. 

Em 2009, Turi lança o método " Rítmica e levadas brasileiras para o piano ", que recebeu o incentivo cultural da Lei de patrocínio Rubem Braga. A pesquisa sobre os ritmos brasileiros, conduzida com séria abordagem científica, levou à produção de um livro e de uma videoaula. O método se propõe a preencher uma considerável lacuna no ensino musical do piano popular, estimulando a pesquisa nesse âmbito. 

Turi Collura acumula passagens como educador por diversas instituições no Brasil (Faculdade Souza Lima-SP; Conservatório de Música de São João del Rei-MG; TKT Musical-SP; UFES-Universidade Federal do ES; CAEM-SP; Instituto Musical Márcia Couto, Maringá-PR, Escola de Música Intermezzo-SP, entre outras), Festivais (Festival de Música de Curitiba; Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins-ES) e Instituições estrangeiras (Escola Cívica de Jazz- Milão; Scenario Pubblico-Catania, na Itália). "Com a postura típica dos grandes músicos, Turi é comedido, quase humilde, observador e atento. Sua aparente simplicidade reflete a consciência de que a música - e o jazz em especial - é, na verdade, um perpétuo desafio, onde a criatividade e a inteligência pouco valem quando não há sentimento." John Lester, 02/09/07

Como pesquisador, concluiu em 2007 uma pós-graduação em Musicoterapia na UFES, Universidade Federal do Espírito Santo. É mestre em Letras pela mesma instituição, com o trabalho "Malandros e malandragem: Noel Rosa". 

Foi colunista da revista brasileira Teclado e Piano, de 2006 até o último número da revista (2009). Publicou artigos nas revistas "No Tom" e Roland Brasil. 


Ativo na cena musical capixaba, Turi lançou em 2007 seu primeiro CD autoral "Interferências", gravado no Rio de Janeiro, com a participação de músicos de renome internacional tais como Nelson Faria, Ney Conceição, Daniel Garcia e Rafael Barata, Daniel Dias, entre outros. 

Em 2011 sai seu segudo CD, "Conversa na Vila", uma homenagem a Noel Rosa, que teve a relevante participação do grupo carioca Arranco de Varsóvia e de outros músicos de renome, tais como Domingos "Bilinho" Teixeira, Zé Luiz Maia, Márcio "Hulk", Joana Queiroz, Andrea Ernest, Edu Szajnbrum, João Schmid e do ator Marcello Escorel. 

Em julho de 2011, na Câmara Municipal de Vitória, recebe a Comenda "Maurício de Oliveira" para Honra ao Mérito, pelos serviços prestados à população capixaba. 

No final de 2008 idealizou e produziu o espetáculo "Cartoons em Jazz", que reune música, teatro e projeções video, apresentando-se em Vitória no Projeto Luzes e Aplausos do Teatro do SESI e na casa de show Spírito Jazz. O espetáculo "Cartoons" seguiu logo em janeiro de 2009 para os palcos das prefeituras de Vitória, Serra e Vila Velha nas respectivas programações culturais de verão e para o Rio de Janeiro. O espetáculo "Cartoons em Jazz" foi eleito por um juri do jornal A Gazeta entre os melhores shows de 2008, junto a Ney Matogrosso, Hamilton de Holanda, Paralamas e Titãs. 

Atualmente, Turi prepara a publicação do Volume 2 do método "Rítmica e Levadas Brasileiras". 




Algumas recentes apresentações relevantes ao vivo

- Shows de Choro com o "Fernando Duarte Trio", em várias cidades, no Projeto Circulação Cultural da SECULT (janeiro-fevereiro de 2013).

- Show "Conversa na Vila: uma noite com Noel Rosa", Teatro Carlos Gomes, Vitória (dezembro de 2012); 

- Show "Cartoons em jazz", nas cidades de Itaguaçu, Guaçui, Rio Novo do Sul, Viana, Afonso Cláudio (ES) pelo Projeto Circulação da SECULT (novembro-dezembro de 2012); 

- Show "Conversa na Vila: uma noite com Noel Rosa", Teatro do Sesi, Vitória (outubro de 2012); 

- Show "Cartoons em jazz", Circuito Cultural do SESC (agosto de 2012); 

- Show "Cartoons em jazz", Teatro do Sesi, Vitória (maio de 2012); 

- Show "Liberdade", durante o Aniversário dos 469 anos da cidade de Vitória (setembro de 2011); 

Show de música instrumental no Festival de Música de Domingos Martins (julho de 2011); 

Show "Liberdade", no projeto Mercado musical, circuito da Prefeitura de Vitória (maio de 2011); 

Concerto em piano solo no Paço da Liberdade, Curitiba (janeiro de 2010); 

Show "Noel e Chico" no projeto Luzes e Aplausos, Teatro do SESI-Vitória (julho de 2009); 

Show "Cartoons em Jazz" com Ney Conceição, Roberto Stepheson e convidados, Cinematèque, Rio de Janeiro (julho de 2009); 

Show "Cartoons em Jazz" com a participação especial do "Nosso Trio", Theatro Carlos Gomes, Vitória, Projeto "Seis e Meia" (junho de 2009); 

Show "Cartoons em jazz" no palco Vitória Verão da Prefeitura de Vitória (janeiro de 2009); 

Concerto com Tamy e Roberto Menescal no projeto cultural Seis e Meia, Teatro Carlos Gomes, Vitória (janeiro de 2009); 

Show "Cartoons em jazz" no projeto Luzes e Aplausos, Teatro do SESI-Vitória (dezembro de 2008); 

Concerto "Interferências" no Circuito do Jazz pela Prefeitura de Vitória (setembro de 2008); 

Concerto "Turi Collura e convidados" no Carlos Gomes, Vitória (maio de 2006); 

Shows do Projeto Circular Brasil da Petrobrás, na turnê (Salvador, Belo Horizonte, Vitória, Curitiba) do violonista Fábio Calazans (2006). 

 

 

 

Principais trabalhos na área da educação musical

Junho de 2013: 
São Luiz do Maranhão, Oficina de Piano Popular, na Escola de Música do Estado do Maranhão, Lilah Lisboa de Araújo.
 

Junho de 2013: 
São Luiz do Maranhão, Oficina de Harmonia e Improvisação e Composição Melódica, na Escola de Música do Estado do Maranhão, Lilah Lisboa de Araújo.
 

Maio de 2013: 
Florianópolis, Workshop "Desenvolvendo as habilidades musicais para a improvisação", na Escola de Música Rafael Bastos.
 

Março de 2013: 
Serra, Master Class de Harmonia e Improvisação, no Instituto Musical Souza & Muzir.
 

Outubro de 2012: 
Vitória, Relator no encontro do SESC-ES "Pique Arte 2012".
 

Agosto de 2011: 
São Paulo, Oficina de Rítmica e Levadas Brasileiras para o piano, na Intermezzo Escola de Música.
 

Julho de 2011: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Harmonia e Improvisação.
 

Julho de 2011: 
São Paulo, Mesa redonda sobre Música Erudita e Música Popular no 7 encontro da CAEM, Central de Apoio às Escolas de Música.
 

Abril de 2011: 
Maringá, PR, Oficina sobre Piano Popular com os professores do Instituto Musical Márcia Couto.
 

Julho de 2010: 
São Paulo, Workshop Rítmica e Levadas Brasileiras para o piano no 22° Seminário Nacional das Escolas TKT.
 

Janeiro de 2010: 
Curitiba, Festival de Música de Curitiba, Professor da Oficina Improvisação e criação melódica.
 

Setembro de 2008: 
Palestra sobre improvisação no 20° Seminário Nacional das Escolas TKT.
 

Maio de 2008: 
São Paulo, Palestra sobre improvisação no Conservatório Souza Lima-Berklee.
 

De 2003 até 2012: 
FAMES, Coordenador do Departamento de Música Popular (lecionando as disciplinas: Improvisação; História e Estética do Jazz; Harmonia; Prática de Conjunto; Piano popular; Apreciação musical).
 

Agosto de 2006: 
II Maratona de Piano do Conservatório Estadual de Música, S. João del Rei (MG). Palestra sobre Improvisação.
 

Agosto de 2006: 
FAMES, Faculdade de Música do Espírito Santo, 1° Fórum de Didática Musical, de 7 a 12 de agosto : Professor da disciplina Didática da Harmonia Funcional.
 

Abril de 2006: 
Milano, Itália: Escola Cívica de Jazz: Palestra sobre Ritmos Brasileiros.
 

Abril de 2006: 
Catania, Itália: Associação "Scenario Pubblico": Palestra sobre Musica e Ritmi Brasiliani.
 

Novembro de 2005: 
UFES, Universidade Federal do Espirito Santo, Centro de Artes: Palestra sobre Geometrias musicais e o Círculo das Quintas.
 

Julho de 2005: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Improvisação e Linguagem Jazz.
 

Novembro de 2004: 
FAMES, Palestra: As geometrias do sistema tonal e o mágico mundo do círculo das quintas.
 

Julho de 2004: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Arranjo.
 

Novembro de 2003: 
FAMES, Palestra Improvisação como composição extemporânea: Fatores internos e externos ao músico que fazem parte do processo improvisativo.
 

Julho de 2003: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Harmonia e Improvisação.