• Turi Collura Google Plus
  • Turi Collura Twitter
  • Turi Collura Facebook
Pianista, compositor e arranjador, Turi Collura mora estavelmente no Brasil desde 2002, onde acumula extensa carreira nas qualidades de instrumentista, compositor e educador musical. 

Como educador, leciona desde 2003 na Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES), onde coordena o Departamento de Música Popular, por ele fundado. Leciona as disciplinas Harmonia, Improvisação, Piano Popular e Prática de Conjunto. Turi teve papel relevante na formação musical de muitos dos músicos que compõem a atual cena musical capixaba. 

Turi é autor do método em 2 Volumes " Improvisação: práticas criativas para a composição melódica na música popular ", publicado pela editora Irmãos Vitale, e considerado hoje entre os melhores métodos musicais do Brasil. Os livros estão sendo adotados por diversas faculdades e instituições de ensino musical brasileiras, e seu autor recebe convites para dar palestras e oficinas em vários estados do país. 

Em 2009, Turi lança o método " Rítmica e levadas brasileiras para o piano ", que recebeu o incentivo cultural da Lei de patrocínio Rubem Braga. A pesquisa sobre os ritmos brasileiros, conduzida com séria abordagem científica, levou à produção de um livro e de uma videoaula. O método se propõe a preencher uma considerável lacuna no ensino musical do piano popular, estimulando a pesquisa nesse âmbito. 

Turi Collura acumula passagens como educador por diversas instituições no Brasil (Faculdade Souza Lima-SP; Conservatório de Música de São João del Rei-MG; TKT Musical-SP; UFES-Universidade Federal do ES; CAEM-SP; Instituto Musical Márcia Couto, Maringá-PR, Escola de Música Intermezzo-SP, entre outras), Festivais (Festival de Música de Curitiba; Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins-ES) e Instituições estrangeiras (Escola Cívica de Jazz- Milão; Scenario Pubblico-Catania, na Itália). "Com a postura típica dos grandes músicos, Turi é comedido, quase humilde, observador e atento. Sua aparente simplicidade reflete a consciência de que a música - e o jazz em especial - é, na verdade, um perpétuo desafio, onde a criatividade e a inteligência pouco valem quando não há sentimento." John Lester, 02/09/07

Como pesquisador, concluiu em 2007 uma pós-graduação em Musicoterapia na UFES, Universidade Federal do Espírito Santo. É mestre em Letras pela mesma instituição, com o trabalho "Malandros e malandragem: Noel Rosa". 

Foi colunista da revista brasileira Teclado e Piano, de 2006 até o último número da revista (2009). Publicou artigos nas revistas "No Tom" e Roland Brasil. 


Ativo na cena musical capixaba, Turi lançou em 2007 seu primeiro CD autoral "Interferências", gravado no Rio de Janeiro, com a participação de músicos de renome internacional tais como Nelson Faria, Ney Conceição, Daniel Garcia e Rafael Barata, Daniel Dias, entre outros. 

Em 2011 sai seu segudo CD, "Conversa na Vila", uma homenagem a Noel Rosa, que teve a relevante participação do grupo carioca Arranco de Varsóvia e de outros músicos de renome, tais como Domingos "Bilinho" Teixeira, Zé Luiz Maia, Márcio "Hulk", Joana Queiroz, Andrea Ernest, Edu Szajnbrum, João Schmid e do ator Marcello Escorel. 

Em julho de 2011, na Câmara Municipal de Vitória, recebe a Comenda "Maurício de Oliveira" para Honra ao Mérito, pelos serviços prestados à população capixaba. 

No final de 2008 idealizou e produziu o espetáculo "Cartoons em Jazz", que reune música, teatro e projeções video, apresentando-se em Vitória no Projeto Luzes e Aplausos do Teatro do SESI e na casa de show Spírito Jazz. O espetáculo "Cartoons" seguiu logo em janeiro de 2009 para os palcos das prefeituras de Vitória, Serra e Vila Velha nas respectivas programações culturais de verão e para o Rio de Janeiro. O espetáculo "Cartoons em Jazz" foi eleito por um juri do jornal A Gazeta entre os melhores shows de 2008, junto a Ney Matogrosso, Hamilton de Holanda, Paralamas e Titãs. 

Atualmente, Turi prepara a publicação do Volume 2 do método "Rítmica e Levadas Brasileiras". 




Algumas recentes apresentações relevantes ao vivo

- Shows de Choro com o "Fernando Duarte Trio", em várias cidades, no Projeto Circulação Cultural da SECULT (janeiro-fevereiro de 2013).

- Show "Conversa na Vila: uma noite com Noel Rosa", Teatro Carlos Gomes, Vitória (dezembro de 2012); 

- Show "Cartoons em jazz", nas cidades de Itaguaçu, Guaçui, Rio Novo do Sul, Viana, Afonso Cláudio (ES) pelo Projeto Circulação da SECULT (novembro-dezembro de 2012); 

- Show "Conversa na Vila: uma noite com Noel Rosa", Teatro do Sesi, Vitória (outubro de 2012); 

- Show "Cartoons em jazz", Circuito Cultural do SESC (agosto de 2012); 

- Show "Cartoons em jazz", Teatro do Sesi, Vitória (maio de 2012); 

- Show "Liberdade", durante o Aniversário dos 469 anos da cidade de Vitória (setembro de 2011); 

Show de música instrumental no Festival de Música de Domingos Martins (julho de 2011); 

Show "Liberdade", no projeto Mercado musical, circuito da Prefeitura de Vitória (maio de 2011); 

Concerto em piano solo no Paço da Liberdade, Curitiba (janeiro de 2010); 

Show "Noel e Chico" no projeto Luzes e Aplausos, Teatro do SESI-Vitória (julho de 2009); 

Show "Cartoons em Jazz" com Ney Conceição, Roberto Stepheson e convidados, Cinematèque, Rio de Janeiro (julho de 2009); 

Show "Cartoons em Jazz" com a participação especial do "Nosso Trio", Theatro Carlos Gomes, Vitória, Projeto "Seis e Meia" (junho de 2009); 

Show "Cartoons em jazz" no palco Vitória Verão da Prefeitura de Vitória (janeiro de 2009); 

Concerto com Tamy e Roberto Menescal no projeto cultural Seis e Meia, Teatro Carlos Gomes, Vitória (janeiro de 2009); 

Show "Cartoons em jazz" no projeto Luzes e Aplausos, Teatro do SESI-Vitória (dezembro de 2008); 

Concerto "Interferências" no Circuito do Jazz pela Prefeitura de Vitória (setembro de 2008); 

Concerto "Turi Collura e convidados" no Carlos Gomes, Vitória (maio de 2006); 

Shows do Projeto Circular Brasil da Petrobrás, na turnê (Salvador, Belo Horizonte, Vitória, Curitiba) do violonista Fábio Calazans (2006). 

 

 

 

Principais trabalhos na área da educação musical

Junho de 2013: 
São Luiz do Maranhão, Oficina de Piano Popular, na Escola de Música do Estado do Maranhão, Lilah Lisboa de Araújo.
 

Junho de 2013: 
São Luiz do Maranhão, Oficina de Harmonia e Improvisação e Composição Melódica, na Escola de Música do Estado do Maranhão, Lilah Lisboa de Araújo.
 

Maio de 2013: 
Florianópolis, Workshop "Desenvolvendo as habilidades musicais para a improvisação", na Escola de Música Rafael Bastos.
 

Março de 2013: 
Serra, Master Class de Harmonia e Improvisação, no Instituto Musical Souza & Muzir.
 

Outubro de 2012: 
Vitória, Relator no encontro do SESC-ES "Pique Arte 2012".
 

Agosto de 2011: 
São Paulo, Oficina de Rítmica e Levadas Brasileiras para o piano, na Intermezzo Escola de Música.
 

Julho de 2011: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Harmonia e Improvisação.
 

Julho de 2011: 
São Paulo, Mesa redonda sobre Música Erudita e Música Popular no 7 encontro da CAEM, Central de Apoio às Escolas de Música.
 

Abril de 2011: 
Maringá, PR, Oficina sobre Piano Popular com os professores do Instituto Musical Márcia Couto.
 

Julho de 2010: 
São Paulo, Workshop Rítmica e Levadas Brasileiras para o piano no 22° Seminário Nacional das Escolas TKT.
 

Janeiro de 2010: 
Curitiba, Festival de Música de Curitiba, Professor da Oficina Improvisação e criação melódica.
 

Setembro de 2008: 
Palestra sobre improvisação no 20° Seminário Nacional das Escolas TKT.
 

Maio de 2008: 
São Paulo, Palestra sobre improvisação no Conservatório Souza Lima-Berklee.
 

De 2003 até 2012: 
FAMES, Coordenador do Departamento de Música Popular (lecionando as disciplinas: Improvisação; História e Estética do Jazz; Harmonia; Prática de Conjunto; Piano popular; Apreciação musical).
 

Agosto de 2006: 
II Maratona de Piano do Conservatório Estadual de Música, S. João del Rei (MG). Palestra sobre Improvisação.
 

Agosto de 2006: 
FAMES, Faculdade de Música do Espírito Santo, 1° Fórum de Didática Musical, de 7 a 12 de agosto : Professor da disciplina Didática da Harmonia Funcional.
 

Abril de 2006: 
Milano, Itália: Escola Cívica de Jazz: Palestra sobre Ritmos Brasileiros.
 

Abril de 2006: 
Catania, Itália: Associação "Scenario Pubblico": Palestra sobre Musica e Ritmi Brasiliani.
 

Novembro de 2005: 
UFES, Universidade Federal do Espirito Santo, Centro de Artes: Palestra sobre Geometrias musicais e o Círculo das Quintas.
 

Julho de 2005: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Improvisação e Linguagem Jazz.
 

Novembro de 2004: 
FAMES, Palestra: As geometrias do sistema tonal e o mágico mundo do círculo das quintas.
 

Julho de 2004: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Arranjo.
 

Novembro de 2003: 
FAMES, Palestra Improvisação como composição extemporânea: Fatores internos e externos ao músico que fazem parte do processo improvisativo.
 

Julho de 2003: 
Festival de Inverno de Domingos Martins, ES, Professor da Oficina de Harmonia e Improvisação.